A plataforma 1927 NÃO manda SPAM. Entenda como!

Oferecer a jornalistas bom conteúdo para produção de reportagens interessantes é um dos objetivos das Relações Públicas.  

 

Diariamente as redações de veículos de comunicação recebem muitas sugestões de pauta, principalmente por email. Filtrar assuntos que podem render boas histórias é um trabalho meticuloso para o jornalista.

 

Em meio a sugestões muito ou pouco relevantes, sempre há os spams que, além de prejudicarem a imagem da marca que os envia, tomam o tempo do profissional de comunicação.

 

Leia mais | Quem não é visto, não é lembrado: por que investir em Relações Públicas

 

O que é um SPAM?

 

De forma simplificada, SPAM é um tipo de email indesejado, que recebemos com informações desinteressantes. Geralmente, são enviados sem nosso consentimento, sem que tenhamos disponibilizado nosso endereço eletrônico.

 

Sabe quando você informa seu email apenas para fins cadastrais ou de contato em uma empresa ou loja, mas acaba recebendo promoções que não lhe interessam? Isso é spam.  Geralmente, o destino de um spam é a lixeira. No caso de um jornalista, que recebe centenas de emails por dia, mais ainda.

 

Companhias dos mais variados portes e segmentos praticam o envio de spam, disparando emails padronizados em quantidades que variam conforme o objetivo. Essa prática é totalmente oposta ao envio de conteúdo personalizado promovido pela 1927, em que jornalistas são protegidos do envio de informações irrelevantes.

 

Leia mais | Que histórias chamam a atenção do jornalista?

 

Entenda COMO a 1927 NÃO manda spam

 

As histórias enviadas à imprensa pela plataforma 1927 não são spams. Ou seja: são personalizadas e cuidadosamente pensadas para oferecer conteúdo relevante e objetivo ao repórter que irá recebê-la. Separamos as explicações em alguns tópicos, para facilitar o entendimento!

 

  1. Nosso regulamento não permite spam | Para utilizar a plataforma 1927, o cliente assina um termo de uso e política de privacidade que proíbem a prática de spam. Caso desobedeça à regra, a conta está suscetível a bloqueios. Isso, é claro, configura uma resolução de âmbito jurídico que inibe a distribuição de conteúdo irrelevante aos jornalistas do mailing.

 

  1. Só disparamos conteúdo relevante | A plataforma 1927 tem um mailing formado por mais de 50 mil jornalistas de editorias variadas, o que representa uma grande oportunidade para que as marcas emplaquem seu conteúdo nos veículos de comunicação.

 

De acordo com o método que desenvolvemos, o cliente do Plano Acesso tem um crédito inicial para enviar histórias para um número definido de jornalistas, entre os 50 mil cadastrados, começando em 100 contatos por mês.

 

Caso você tente enviar conteúdo irrelevante em um primeiro contato, o alcance será limitado e o número de disparos será restrito. Essa condição inicial incentiva a seleção criteriosa dos jornalistas com quem se pretende estreitar contato e aproveitar ao máximo a aproximação.

 

Produzir conteúdos diferenciados e definir temas específicos para abordagem sempre será a melhor estratégia para estreitar laços com profissionais da comunicação. Dedique-se para conquistar os melhores resultados! Assim, o conteúdo será trabalhado de forma detalhada e específica para que esteja em destaque e desperte interesse.  

 

  1. Nossa Inteligência Artificial bloqueia spams | A plataforma 1927 conta com uma série de recursos técnicos para identificar e bloquear a prática indevida de spam, por meio de Inteligência Artificial.

 

A tecnologia embarcada verifica se o email cadastrado na plataforma é verdadeiro e se não está inserido em uma black list de spam (quem pratica spam, envia sempre do mesmo email). Assim, já no momento da análise do cadastro, o email pode ser validado ou não, de acordo com a checagem.  

 

A análise do email gera uma pontuação, cujo objetivo é elencar características que podem configurar prática de spam. Também é feita uma análise do título e do texto do release para avaliar se está adequado para envio.

 

Por meio da identificação de  palavras-chave, é possível identificar termos suspeitos, como “grátis”, ou fora de contexto em relação à área de atuação do cliente. O conteúdo deve ser favorável para não sofrer bloqueio.

 

  1. Avaliamos rigorosamente o CNPJ do cliente | Por fim, vale lembrar que a plataforma 1927 obedece um processo burocrático e rigoroso de análise de CNPJ dos clientes: dificilmente clientes que passam pelo nosso filtro cadastral utilizarão os serviços da plataforma para prática de spam. Pode confiar!

 

Leia mais | Quero experimentar a plataforma 1927 sem compromisso

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *